Guia de Escaladas da região dos Três Picos - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Guia de escalada de Salinas

Guia de Escaladas da região dos Três Picos


Categoria: Livros

Este é o primeiro guia de escaladas da Região Serrana do Rio de Janeiro e abrange áreas entre os municípios de Teresópolis e Nova Friburgo abrangidas dentro do Parque Estadual dos Três Picos, mais conhecido como “Salinas” pelos escaladores

Autor: Sérgio Tartari
Editora Publit - Montanhar
186 páginas
Primeira edição: 1998
Segunda edição: 2008
 
Este é o guia de uma das regiões mais famosas de escalada do Brasil, Salinas, onde está localizado o Pico Maior de Friburgo com vias de até 700 metros. São descritas 117 vias, com muitas fotos e um pouco da história do lugar. Abaixo, com a palavra o autor:
 
“A região dos Três Picos – Friburgo – RJ, representa bem a escalada de aventura no Brasil. Mais do que simplesmente se encordar e usar os equipamentos na rocha, é preciso ter uma postura séria frente à montanha e decifrar todo o conjunto de procedimentos que nos possibilite uma escalada eficiente e segura.”
 
Situado numa das melhores e mais bonitas regiões para a prática do montanhismo, este centro de escalada concentra o maior número de vias longas do Brasil.
 
O lançamento da atual edição do Guia de Escaladas da Região dos Três Picos, nove anos após a primeira, tem a finalidade de informar melhor a respeito das escaladas nessa região, não só com recomendações específicas sobre uma determinada via, como também com conselhos técnicos mais atualizados que possam ajudar a melhorar nossos procedimentos.
 
Desde 1981 o autor escala na região dos Três Picos, onde mora desde 1991. Isso possibilitou um conhecimento mais amplo da região, que o possibilitou a passar essas informações da melhor maneira possível, evitando equívocos, desinformação a respeito da localização de acessos e da definição das linhas de escalada.
 
Através deste guia, o autor não pretende convencer a ninguém de seu ponto de vista sobre escalada, no entanto, deixa claro que na região dos Três Picos e adjacências o estilo ‘escalada-aventura’ se estabeleceu de forma natural, dando a ela um caráter diferente, único. É exigido do escalador um conhecimento mais abrangente do que um curso básico pode oferecer. Esse caráter único e diferente protege o lugar da tendência à massificação, muito em voga no momento, que descaracteriza vias anteriormente conquistadas, pela excessiva grampeação e proximidade entre as escaladas.
 
 



Publicidade:


Serviços Especializados


LOJA ALTAMONTANHA

Publicidade

Publicidade