Expedição solidária de trekking arrecada R$100 mil no Nepal - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Projeto Dharma + GenteDeMontanha

Expedição solidária de trekking arrecada R$100 mil no Nepal

Trekking solidário ao Acampamento Base do Everest, organizado pela agência GenteDeMontanha junto com a apresentadora de TV e médica Karina Oliani arrecadou cerca de cem mil reais que foram doados para a construção de uma escola no Nepal.

Fonte: Redação

Foi realizado em Abril o Trekking Solidário ao Acampamento Base do Everest no Nepal pelo GenteDeMontanha, onde participaram 44 brasileiros, sendo 39 clientes. O lucro deste roteiro foi inteiramente doado para a construção de uma escola no vilarejo sherpa de Pattle, próximo do vale do Khumbu no país asiático.

Não é de hoje que a Agência GenteDeMontanha realiza trekking solidários. A agência, da consagrada dupla de montanhistas Maximo Kausch e Pedro Hauck já fez o mesmo na África duas vezes, levando pessoas para o cume do Kilimanjaro e revertendo o custo para um orfanato na Tanzânia.

Desta vez o GentedeMontanha se associou ao Projeto Dharma, da médica e aventureira Karina Oliani e do designer Andrei Polessi. O Dharma, que está se tornando uma ONG, está realizando diversos projetos sociais no Brasil e no exterior. No ano passado fez um extenso projeto com médicos no interior do Piauí, na atual ação o objetivo é construir a escola no Nepal.

Pattle, onde está sendo erguida a escola, é o vilarejo onde nasceu Pemba Sherpa, que em 2013 guiou Karina Oliani até o cume do Everest. O vilarejo onde o sherpa nasceu foi atingido pelo grande terremoto de 2015 do Nepal e a escola que existia foi destruída. A atual escola, em estágio de finalização suporta mais de 3 vezes o número de crianças que a escola antiga suportava. Com o dinheiro arrecadado será comprado o mobiliário escolar, computadores e ainda haverá verba para o pagamento de salários dos professores e da merenda escolar.

Ao término do trekking, Karina, Andrei e alguns trekkers visitaram a escola. Um deles, Felipe Paiva ficou no Nepal para trabalhar como voluntário, dando aula de inglês. Ele foi tão bem recebido pela comunidade local, que recebeu um nome Sherpa: Felipe “Dawa”.

O GenteDeMontanha e o Dharma continuarão a trabalhar juntos. Nos próximos meses será definido mais um roteiro de trekking solidário. Neste próximo o valor arrecadado será revertido para prestar auxílio médico à população sertaneja do interior o Piauí no Nordeste brasileiro.

Publicidade